maior imagem de Jesus crucificado do Brasil fica em Manhumirim Minas Gerais, MAIOR IMAGEM DE JESUS CRISTO CRUCIFICADO ESTÁ EM MANHUMIRIM MINAS GERAIS, ESCULTLURA DO ARTISTA PLÁSTICO JOÃO ROSENDO
 

 

 
 
             
I
Noticias
 

MANHUMIRIM PODERIA TER O SEGUNDO MAIOR CRUCIFIXO EM CONCRETO ARMADO DO MUNDO

E A MAIOR IMAGEM DE JESUS CRUCIFICADO DO BRASIL

TURISMO RELIGIOSO CATÓLICO

Festa da Exaltação da Santa Cruz, em 14 de Setembro, o povo católico celebra a cruz como instrumento de salvação, fonte de santidade e símbolo revelador da vitória de Jesus sobre o pecado, a morte e o demônio. Em Manhumirim de 07 a 14 de setembro comemoramos o JUBILEU DO SENHOR BOM JESUS DE MANHUMIRIM: A festa da exaltação da cruz

Santa Rita, Nossa Senhora da Penha, Nossa Senhora de Lourdes, São Vicente, São Cristóvão, Santo Antônio, Santa Luzia, Bom Jesus, Nossa Senhora Aparecida, Frei Vicente, Dom Felipe, Padre Júlio Maria...

Pensaram que eu estava rezando ou invocando meu santo de fé?

Não... Agora não. Estes são os nomes de bairros e logradouros públicos de Manhumirim. Uma terra abençoada, berço da Congregação dos Sacramentinos de Nossa Senhora (Sdn).

Senhor Bom Jesus crucificado - Símbolo do Jubileu do Bom Jesus de Manhumirim que em 2017 completa 100 anos

Até então o maior crucifixo do mundo fica na cidade de Piracaia - São Paulo. Mas, a escultura que PODERIA se afixada no cruzeiro de Manhumirim - MG seria a maior imagem de Jesus crucificado do Brasil

O maior crucifixo do mundo é esculpido em cimento pelo arquiteto José Bonetti. Medindo 14 metros de altura foi inaugurado em 14 de julho de 1946 no município de Piracaia (SP). Esse enorme monumento fica no morro de 1.200 m conhecido como “Morro do Santo Cruzeiro da Penha”.

Contando com o pedestal e mais o corpo da cruz contabiliza-se a medida de 14 metros, mas, o tamanho da imagem de Jesus é inferior ao da escultura do artista plástico João Rosendo que mede quase sete metros de comprimento, sendo portanto a MAIOR IMAGEM DE JESUS CRUCIFICADO DO BRASIL.

Quando os voluntários católicos de Manhumirim se reuniram para arrecadar fundos para a construção do cruzeiro de concreto armado, existia também a ideia de se colocar uma imagem de Jesus crucificado na cruz, mas, não existia no Brasil escultor que fizesse tal trabalho. Somente em Portugal existia profissionais que executavam tal tipo de trabalho de arte por encomenda. Mas, o trabalho era caro e muito difícil de agendar com os portugueses que vinham uma vez por ano ao Brasil e atendiam um número limitado de encomendas na cidade do Rio de Janeiro.

O cruzeiro então, foi inaugurado sem o Cristo em uma terça feira de maio do ano de 1952 com uma missa celebrada pelo padre Tiago Eussen.

Agora em 2017 imagem de Jesus Cristo crucificado poderia ser erguida no cruzeiro da cidade de Manhumirim, realizando um sonho de 65 anos atrás, dos voluntários católicos que construíram o cruzeiro no ano de 1952.

O SIGNIFICADO DO JESUS CRUCIFICADO PARA OS CATÓLICOS

Não  há ressurreição sem Cruz, não há glória sem provação - Mateus 20,17-28

                     Faz parte da nossa humanidade decaída e corrompida pelo pecado, rejeitar todo sofrimento, tudo que venha de encontro à realização dos nossos planos, assim como também desejar alcançar glória e poder sem passar por dificuldades.

Muitas vezes ficamos com medo ao mencionar a palavra cruz. Sabemos que a cruz significa morte e não queremos morrer. Mas precisamos saber que existe um outro lado, a glória da cruz. Pense em nosso Senhor Jesus. Em Hebreus, capítulo 12, somos informados da alegria que lhe estava proposta por suportar a cruz.

Claro que é subentendido que a cruz não significa simples e somente crucificação de Cristo, mas significa sua morte, seu sepultamento, sua ressurreição e ascensão ao trono. O relacionamento soberano para nós está em Cristo crucificado. Tudo é através da cruz.

Nunca vemos o trono separado do Cordeiro morto. Tudo se resume na frase Jesus Cristo, e este crucificado. E quando a cruz é mencionada, Cristo crucificado está implícito - com tudo aquilo que isso implica". Por isso, quando falamos da cruz, temos que lembrar que não significa só morte. Precisamos da morte, mas sempre que falamos da cruz, precisamos lembrar da ressurreição. Morte e vida, Calvário e ressurreição, você não os pode separar porque é tudo isso que a cruz é.

A cruz é o segredo para transformação. Lá na cruz Deus está fazendo o trabalho de nos transformar. A cruz é para matar nossa vida da alma e transformar-nos naquela em vida de ressurreição em direção ao céu.A cruz é o caminho para o trono.

A igreja é baseada no fundamento da cruz de Cristo e a igreja, mesmo hoje, está sendo edificada pela cruz. Se nós, como pedras vivas, não aceitarmos a cruz em nossas vidas, não iremos encaixar-nos um com o outro. Todos temos as nossas esquinas.

Finalmente, a glória da cruz está na consumação do propósito eterno de Deus.

A cruz é o único meio para realizar o propósito eterno de Deus. Cristo se torna tudo em todos depois que a cruz faz o seu trabalho. Católico que não gosta da cruz deveria se aprofundar no estudo bíblico ou procurar outra religião que não seja a Cristã.

Por Theodore Austin-Sparks

 

Veja o vídeo sobre a o que representam as IMAGENS na vida do verdadeiro católico

A CRUZ é o símbolo da vitória de Jesus sobre o pecado, a morte e o demônio; também na Cruz encontramos o maior sinal do amor de Deus - A RESSURREIÇÃO

O CRISTO SEM CRUZ NÃO REPRESENTA A IGREJA CATÓLICA

Projeto do segundo maior crucifixo do mundo e maior imagem de Jesus crucificado do Brasil

JESUS CRISTO SEM A CRUZ NÃO REPRESENTA A IGREJA CATÓLICA

Um mundo sem Cruz sem o sinal da Cruz Salvadora de Jesus cairá facilmente numa idéia distorcida do cristianismo. Tornar-se-á em um cristianismo hedonista, e o Cristo tornar-se-á em um Cristo do prazer, um Cristo fashion.

Substituindo em alguma Igrejas e monumentos a imagem do Crucificado por um Cristo triunfante, glorioso e sem a Cruz, corremos o risco de cairmos em uma heresia disfarçada que se nega a humanidade do Verbo Encarnado. 

Uma Igreja sem Cruz é uma Igreja herética, uma Igreja “protestantizada”. Devemos reconhecer com pesar que vivemos uma verdadeira crise na teologia da Cruz.

Já imaginaram celebrarmos uma Semana Santa sem Cruz? O que faremos na sexta-feira santa? O que apresentaremos ao povo do Cordeiro Imolado?

Pois na sexta-feira santa temos a adoração da Cruz, sim, por mais que nos soe estranho a Igreja diz: “A Adoração da santa Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo” (Cf.: Missal Romano)

A Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo “é a única Cruz digna de adoração…”

“Cristo voador” que estão pendurando no presbitério em algumas Igrejas é um Cristo lavado e sem sangue, um Cristo enxuto, uma imagem sem graça, sem gosto, ou melhor, de mau gosto, porque está no lugar errado e na hora errada. Pois sabemos que a Igreja militante, é a Igreja da Cruz, do combate… da luta. A Igreja gloriosa nos espera para além deste mundo.

Este Cristo voador SEM A CRUZ que estão colocando em algumas Igrejas E MONUMENTOS é algo ridículo, um passo a mais para se eliminar o símbolo da Cruz das Nossas Igrejas e das nossas vidas, pois das escolas e ambiente públicos aos poucos já estão tirando. O modismo do Cristo voador SEM A CRUZ é um perigo para a fé.

A Igreja não deve esconder o crucificado, sem incorrer na acusação de sentir vergonha da Cruz do Senhor, e quem tem vergonha da Cruz de Cristo se torna seu inimigo.

“Pois há muitos dos quais muitas vezes vos disse e agora repito, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo” (Fl 3,18) 

Por Dennis Allan  Dennis Allan - autor de vários livros, norte-americano residente em São Paulo (capital), coodenador de estudos bíblicos e detentor de vários prêmios

 

 

 

CLIQUE AQUI E VEJA A HISTÓRIA DO CRUZEIRO DE MANHUMIRIM:

Um monumento religioso construído com recursos dos compradores de café, fiéis e comerciantes católicos inaugurado no dia 13 de maio de 1952 em homenagem ao dia dos Sacramentinos de Nossa Senhora

Jornal Boca do Povo - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO - Copyright 2010 - Todos os direitos reservados