MAIOR IMAGEM DE JESUS CRUCIFICADO DO BRASIL FICA EM MANHUMIRIM MINAS GERAIS, MAIOR ESCULTURA DE JESUS CRUCIFICADO FICA EM MANHUMIRIM MINAS GERAIS, ESCULTURA DE JESUS CRUCIFICADO OBRA DO ARTISTA PLASTICO JOÃO ROSENDO DE MANHUMIRIM MINAS GERAIS, MAIOR CRISTO CRUCIFICADO DO BRASIL FICA EM MANHUMIRIM MINAS GERAIS
 

 

 
 
             
I
Noticias
 

A HISTÓRIA DO CRISTO REJEITADO DE MANHUMIRIM: HOMENAGEM AOS 100 ANOS DO JUBILEU DO SENHOR BOM JESUS

Santa Rita, Nossa Senhora da Penha, Nossa Senhora de Lourdes, São Vicente, São Cristóvão, Santo Antônio, Santa Luzia, Bom Jesus, Nossa Senhora Aparecida, Frei Vicente, Dom Felipe, Padre Júlio Maria...

Pensaram que eu estava rezando ou invocando meu santo de fé?

Não... Agora não. Estes são os nomes de bairros e logradouros públicos de Manhumirim. Uma terra abençoada, berço da Congregação dos Sacramentinos de Nossa Senhora (Sdn).

Terra que venera e luta para oficialmente tornar santo o Servo de Deus Padre Júlio Maria de Lombaerde já em processo de beatificação.

Comeci essa crônica com o primeiro parágrafo de preâmbulo para contar a história de um fato: os "governantes" de nossa terra rejeitaram uma imagem de Jesus Cristo crucificado que seria afixada no cruzeiro do Alto Bom Jesus, construído com recursos dos compradores de café e comerciantes católicos na década de 50.

A ESCULTURA DE PROPRIEDADE DO ARTISTA PLÁSTICO JOÃO ROSENDO FOI FEITA NO ANO DE 2007 NO GALPÃO DO SR. MARCOS VAZ NO BAIRRO SANTA RITA

Desde que estudava no Colégio Santa Teresinha e que o artista plástico João Rosendo fez uma pesquisa sobre a HISTÓRIA DO CRUZEIRO DE MANHUMIRIM para uma gincana da escola que o ainda jovem escultor teve a ideia de fazer a escultura de uma imagem de Jesus Cristo para o cruzeiro de Manhumirim.

A ideia dos construtores do cruzeiro em 1952 era colocar uma imagem na época de sua construção, mas não existia profissional no Brasil que fizesse tal escultura com as medidas da cruz de concreto que se erguia no Alto Bom Jesus. Somente em Portugal existia escultores de imagens em tamanho maior, mas eram muito caras.

No ano de 2007, quando o Jubileu do Bom Jesus de Manhumirim completaria 90 anos, o artista plástico começou a esculpir a imagem de Jesus Cristo crucificado pensando em afixá-la no cruzeiro. Os trabalhos começaram e a escultura ficou bem adiantada, mas, como o tempo estava chuvoso e o galpão localizado à beira do rio era constantemente atingido por enchentes, o trabalho parou.

No mesmo ano o artista plástico João Rosendo já havia feito a estátua de São Pedro para São Pedro do Avaí, distrito de Manhuaçu MG, dentre outras esculturas e neste mesmo ano foi contratado para coordenar o carnaval da escola de samba Embaixada da Vila na cidade de Taubaté (SP).

Os trabalhos de acabento final da escultura ficaram paralizados por vários meses e, depois de mais chuvas, o artista plástico entregou o galpão que usava para realizar seus trabalhos, cortou a imagem em partes e a guardou por, aproximadamente, nove anos em sua residência.

No ano de 2016 o artista plástico João Rosendo trabalhava na confecção das estátuas do casal de trabalhadores no almoxarifado da prefeitura. Segundo cláusulas contratuais os materiais deveriam ser fornecidos pelo município, bem como o local para a execução levando em conta o tamanho das esculturas. As obras foram feitas em uma área no pátio da prefeitura.

Mas, em 2016, devido a crise financeira, a prefeitura parou de fornecer os materiais para o término das estátuas, e a equipe estava parada sem poder terminar a execução do casal de trabalhadores.

João Rosendo arcava com o pagamento da equipe, alimentação e demais despesas. Foi então que surgiu a ideia de, aproveitando que a equipe que estava recebendo normalmente e sem o que fazer, que o tempo fosse aproveitado para o término da escultura de Jesus crucificado, que faltava apenas a recapagem final e a pintura.

Depois de uma conversa com a prefeita Darci Braga, que a princípio aderiu à ideia, disponibilizando a secretaria de obras para a colocação da imagem no cruzeiro, sendo esta a ÚNICA "colaboração" do município, pois os materiais, mão de obra de terceiros e demais despesas foram arcadas pelo artista autor da escultura.

Então, a imagem foi levada da casa de João Rosendo para o pátio da prefeitura, ele comprou os materiais e o trabalho para terminar o Cristo teve sequência depois de quase dez anos parado e guardado na área de trabalho na residência do artista plástico.

Assim sendo, com a colaboração do muncípio em disponibilizar a colocação da imagem no cruzeiro, em setembro de 2016 a escultura foi levada para o almoxarifado da prefeitura, suas partes emendadas e dado o acabamento final com os materias e mão de obra de terceiros (Maurício Oliveira,Iuri Pimentel dentre outros) pagos com recursos do artista plástico João Rosendo que apenas utilizou o espaço de uma parte do pátio da prefeitura para emendar a imagem e realizar a recapagem e pintura final.

Assim aconteceu e depois de pronta a imagem foi colocada no cruzeiro amarrada com cordas, medidas conferidas, faltava apenas a afixação no cruzeiro. Era uma tarde de sexta-feira, do mesmo mes e ano, e a obra recebeu aplausos do povo católico, dos amantes do turismo religioso e das pessoas de bem em geral, inclusive pessoas esclarecidas e cultas de outras religiões.

A partir de então Manhumirim teria O SEGUNDO MAIOR CRUCIFIXO DO MUNDO e a MAIOR IMAGEM DE JESUS CRUCIFICADO DO BRASIL.

Isso incomodou muito aos adversários políticos... Como era época de campanha eleitoral, usaram o fato (que foi ponto positivo para a campanha do candidato Luciano Machado) para tentarem angariar a simpatia de "pseudos evangélicos" que levantaram uma meia dúza de comentários nas suas redes sociais, que não deveriam ser considerados, pois evangélico "não gosta de imagem" mesmo. Direito deles.

Vale ressaltar que não houve sequer UM pastor das igrejas evangélicas que se manifestou contra, pois os religiosos de Manhumirim convivem em plena harmonia cada um respeitando a religião do outro.

Quem se manifestou foram apenas adversários políticos e fakes da internet que "usaram" o nome de "evangélicos".

Na mesma noite a prefeita Darci Braga mandou que fosse retirada a imagem do cruzeiro para "não prejudicar a campanha" do então candidato Luciano Machado. Na manhã seguinte a retirada foi feita...

A revolta foi geral na cidade, pois o povo aprovou a ideia comprovada por diversas fotos e até oração que foram feitas no local quando a imagem estava sendo colocada no cruzeiro.

Mas, infelizmente, tem gente que pensa que Facebook é a voz do povo e esquece de ouvir o voz do povo nas ruas.

E por fim, a escultura de propriedade material e de direitos autorais públicos e notórios (com provas materiais através de fotos, testemunhas e publicações datatas na internet), foi retirada do cruzeiro e já pronta, guardada no almoxarifado esperando que um dia volte para o local para a qual foi feita com muito carinho, religiosidade e como forma de homenagear o Jubileu do Bom Jesus de nossa querida Manhumirim.

Uma cidade que ainda poderá ter O SEGUNDO MAIOR CRUCIFIXO DO MUNDO e A MAIOR IMAGEM DE JESUS CRUCIFICADO DO BRASIL, fomentando assim o turismo religioso e trazendo inúmeros visitantes e divisas para o município.

Uma história, no mínimo triste, de uma cidade que sempre cultuou a fé em Deus e tem como festa maior o JUBILEU DO BOM JESUS que tem como símbolo a imagem de Jesus crucificado, rejeitado e jogado em um canto de um espaço público, o pátio da prefeitura...

Projeto da obra de escultura de João Rosendo: O SEGUNDO MAIOR CRUCIFIXO DO MUNDO e a MAIOR IMAGEM DE JESUS CRUCIFICADO DO BRASIL

João Rosendo e a escultura de Jesus crucificado ainda sem pintar

A imagem sendo erguida no cruzeiro de Manhumirim

Setembro de 2016

Cartaz do Jubileu do Bom Jesus: Símbolo - Jesus Cristo crucificado

Imagem do Senhor Bom Jesus crucificado: símbolo do JUBILEU DO BOM JESUS DE MANHUMIRIM

PLACA DO CRUZEIRO DE MANHUMIRIM - Monumento religioso CATÓLICO construído com os recursos dos fazendeiros, compradores de café, comerciantes e fiéis. Na inscrição:

COMÉRCIO LOCAL E POVO DE MANHUMIRIM EM INTENÇÃO DO BOM JESUS EM MAIO DE 1952

Obra feita pelo povo católico em homenagem aos Sacramentinos de Nossa Senhora (Sdn)

A imagem de Jesus crucificado no cruzeiro de Manhumirim: foi colocada em uma tarde e retirada na manhã do outro dia

 

 

 

Assista o vídeo...

O artista plástico João Rosendo, ao centro, no galpão do Bairro Santa Rita, rodeado por várias esculturas feitas no ano de 2007/2008. Dentre elas o São Pedro de São Pedro do Avaí (Manhuaçu) e a imagem de Jesus Crucificado de Manhumirim

A escultura de Jesus crucificado na parte exterior do galpão do Bairro Santa Rita, ainda no isopor, sem as feições do rosto e sem as mãos, ano 2007

O artista plástico João Rosendo trabalhando no término da escultura de Jesus crucificado no galpão do Bairro Santa Rita (foto publicada no blog joaorosendoartistaplastico.blogspot.com em janeiro de 2009)

João Rosendo e escultura de Jesus Cristo crucificado PRONTA no galpão do Bairro Santa Rita (foto publicada no blog joaorosendoartistaplastico.blogspot.com - setembro de 2009) antes da enchente e de ser levada para a casa do artista plastico

João Rosendo na área de sua casa e a escultura de Jesus crucificado

João Rosendo em sua casa com Maurício Oliveira de Assis e a escultura de Jesus cruficado no Bairro Isidoro

A imagem de Jesus crucificado na casa de João Rosendo ainda com os braços separados

Escultura de Jesus crucificado na casa do artista plástico João Rosendo com os braços separados e sem a recapagem final (ano 2010)

João Rosendo em sua casa no ano de 2009 e a obra de arte Jesus crucificado de sua autoria e propriedade

A escultura de Jesus crucificado ficou quase dez anos guardada na casa do artista plástico João Rosendo, separada em partes e embalada com uma lona preta até que em 2016 foi levada para o pátio da prefeitura para ser emendada e pintada

O dia que as partes da escultura de Jesus crucificado chegaram até o galpão do pátio da prefeitura de Manhumirim para ser emendadas e pintadas (com materiais,mão de obra e demais despesas custeados pelo artista plástico João Rosendo)

Maurício Oliveira fazendo a recapagem final da escultura de Jesus crucificado, ainda sem emendar os braços, no galpão do pátio da prefeitura de Manhumirim - ano 2016

Escultura de Jesus crucificado com a recapagem final e com os braços ainda sem emendar

Os padres DEMERVAL ALVES BOTELHO e PAULO DIAS falam sobre o Jubileu do Bom Jesus: A FESTA DA EXALTAÇÃO DA CRUZ. Quem não respeita a importância da cruz não é cristão. Não EXISTE CRISTO SEM A CRUZ...

 

 

 

NOTA

Por se tratar de uma matéria histórica, as datas publicadas nesta matéria podem ser consultadas no blog joãorosendoartistaplastico.blogspot.com em matérias de janeiro de 2008, fevereiro de 2009, setembro de 2009 e no site www.jornalbocadopovo.com em matéria de janeiro de 2011

 

Qualquer obra ou contratação, para se tornar propriedade do município, deverá ser feita através de processo licitatório, com contrato que atenda as partes e pagas através de empenho prévio especificando dotação orçamentária específica.Lei Orgânica do Município de Manhumirim - Art. 276. Os direitos autorais dos vários tipos de arte ou cultura serão resguardados, nos temos da legislação vigente, tendo o autor plenos poderes para exigir o cumprimento da lei.

“A utilização sob qualquer forma, direta ou indireta de obra de arte plástica que não observe os dispositivos mencionados em Lei específica estão sujeitas às sanções mencionadas, além da sanção penal prevista no artigo 184 do respectivo código como observado em lei.

ei de Direitos Autorais exige que toda e qualquer contratação seja feita por escrito. Portanto, não é possível ceder ou licenciar uma obra se não houver um instrumento contratual regulando os termos da cessão ou licenciamento. “

A escultura de Jesus crucificado de autoria e propriedade do artista plástico João Rosendo foi inspirada nas feições da imagem do Senhor Bom Jesus

Jornal Boca do Povo - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO - Copyright 2010 - Todos os direitos reservados