VATICANO APROVA INVESTIGAÇÃO DIOCESANA SOBRE A VIDA DE PADRE JULIO MARIA DE LOMBARERDE PARA ABRIR PROCESSO DE BEATIFICAÇÃO
 

 

 
 
             
I
Noticias
 

NO ALTAR DO SANTUÁRIO DO BOM JESUS DE MANHUMIRIM REPOUSAM FRAGMENTOS DOS OSSOS DE IRMÃ DULCE QUE SERÁ CANONIZADA 13 DE OUTUBRO A PRIMEIRA SANTA GENUINAMENTE BRASILEIRA

Irmã Dulce será canonizada em 13 de outubro de 2019 a primeira santa genuinamente brasileira. No altar do Santuário do Senhor Bom Jesus de Manhumirim repousam fragamentos dos seus ossos

Texto: Pe. Marcos Antônio Alencar Duarte, SDN

A Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, a primeira santa genuinamente brasileira, que será canonizada no próximo dia 13 de outubro, no Vaticano, pelo Papa Francisco, tem uma profunda ligação com a comunidade católica de Manhumirim.

Ela nunca esteve em nossa cidade, porém fragmentos de seus ossos repousam no altar do Santuário do Bom Jesus.

Tudo se deu por ocasião da dedicação do altar do Santuário na comemoração do Centenário do Jubileu do Bom Jesus, em 2017.

Tendo em vista a consagração do Altar, foi solicitada ao postulador da causa de canonização da Irmã Dulce uma relíquia de primeiro grau.
Rapidamente recebemos a resposta positiva ao pedido.

E no dia 12 de maio de 2017 teve lugar a solene celebração da dedicação do altar do Santuário, presidida por Dom Emanuel Messias de Oliveira, Bispo Diocesano de Caratinga-MG, que depositou no altar de nossa Igreja as relíquias de duas beatas: Albertina Berkenbrock [a jovem mártir] e Irmã Dulce [o anjo bom do Brasil], bem como de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão [homem da paz e da caridade].

Foi uma noite memorável que está viva em nossa memória.

Nossa comunidade católica recebeu com alegria a notícia da canonização da Beata Irmã Dulce, por saber que esta santa tão querida pelo povo brasileiro mora também em nosso Santuário, junto com Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, a Bem-Aventurada Albertina Berkenbrock e o Servo de Deus Pe. Júlio Maria De Lombaerde.


Que a Irmã Dulce desperte em nós um vivo desejo de servir aos nossos irmãos sofredores, pobres e excluídos levando a todos o sorriso da caridade.

Irmã Dulce dos pobres

 

 

O pároco de Manhumirim, Padre Marcos Antônio Alencar Duarte, SDN, e o artista plástico João Rosendo, escultor dos apliques do altar do Santuário do Bom Jesus de Manhumirim

Padre José Raimundo, Superior Geral do Missionários Sacramentinos

Jornal Boca do Povo - DIREÇÃO JOÃO ROSENDO - Copyright 2010 - Todos os direitos reservados